Melhore a sua postura!

January 5, 2017

 

  

Embora dores no corpo, principalmente na coluna, seja uma reclamação comum a muitas pessoas, a maioria não imagina que muitos desses problemas podem ter origem na infância ou adolescência. Quando crianças, adotamos posturas erradas e formamos vícios posturais que, com o desenvolvimento físico ao longo da vida e tarefas do dia-a-dia, transformam-se em problemas bem mais graves, desvios posturais.

Muitos fatores influenciam no aparecimento de desvios posturais na criança e devemos levar em consideração o estilo de vida que nos submetemos hoje. Podemos citar a falta da prática de atividade física extracurricular, a falta de conhecimentos sobre uma postura correta, as horas que as crianças passam sentadas na frente do videogame, computador e televisão de forma incorreta, obesidade, baixo auto estima, o peso das mochilas, entre outros.

Essa progressão do desenvolvimento motor vai ocorrer conforme o crescimento da criança, sofrendo influências das experiências motoras adquiridas durante a infância (aspectos ambientais e biológicos). Com o aprendizado motor a coordenação motora, o equilíbrio, o ritmo, a lateralidade, o esquema corporal vai se aperfeiçoando progredindo de um movimento simples sem habilidades até o ponto de conseguir habilidades complexas e organizadas.

O Pilates está sendo muito praticado atualmente, com o intuito de reabilitar, condicionar e também melhorar a postura de quem o pratica. Colleen Craig (2005) afirma que o criador do método, Joseph Pilates, era uma criança muito doente, sofreu com doenças como a asma, raquitismo e febre reumática. Aos 14 anos, seus males foram tratados através da prática de exercícios e musculação. O método que criou tem como base um conceito denominado de contrologia, que significa um plano holístico de condicionamento físico, no qual exige integração do corpo e mente para prática dos exercícios, objetivando controle e precisão para a prática correta das atividades, evitando movimentos compensatórios e melhorando a consciência corporal.

 

 

Antigamente as brincadeiras exigiam algum esforço físico como subir em arvore, pular corda, jogar bola, esconde-esconde e assim por diante, porém hoje a grande maioria encontra a sua diversão dentro de casa ou dos apartamentos como videogame, televisão levando a maus hábitos comentado anteriormente. O Pilates só tem a contribuir para o seu desenvolvimento, uma vez que além de fortalecer a musculatura para suportar a carga das mochilas, corrige os maus hábitos posturais, introduz a disciplina e ainda ajuda a extravasar a energia típica da idade.Os exercícios são realizados de forma lúdica, como uma brincadeira, com o objetivo de atrair a atenção dos pequenos para a pratica do método.

 

Por: Cinthia Damásio Borges - Fisioterapeuta pós graduada em fisioterapia Traumato - Ortopédica e hospitalar; Formação em Pilates Clássico, aéreo e hidropilates.

 

 

Referencias

* CRAIG, Colleen. Pilates com Bola. 2.ed. São Paulo: Phorte, 2005.

* MACEDO, L. S. A importância do desenvolvimento psicomotor na educação infantil. Disponível: http://repositorio.uniceub.br/handle/235/5847 Acesso em Janeiro de 2017.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Gestante pode fazer exercício?

September 29, 2017

1/10
Please reload

Posts Recentes

September 18, 2017

Please reload

Arquivo